“Em 2018 o orçamento da cultura sofre uma evolução positiva de 29.8". “O orçamento do Sector da Educação, representa 17.3 %do Orçam...

Educação, Cultura e Orçamento 2018 - Passo Seguinte

8:17 PM 0 Comments


“Em 2018 o orçamento da cultura sofre uma evolução positiva de 29.8".
“O orçamento do Sector da Educação, representa 17.3 %do Orçamento Geral do Estado."

Em Cabo Verde sempre se alocou dinheiro para a Educaçao, a Cultura ou para qualquer outro sector entendido pelo Governo como relevante para o desenvolvimento.

Por isso, o mero destaque dos números pode não significar muito.
Numa perspectiva de PASSO SEGUINTE, aproveitava para deixar as seguintes perguntas, motivado pelo trabalho de vários anos de pesquisa e intervenção junto de instituições em todos os níveis de ensino em Cabo Verde.

As perguntas são formuladas com base nas categorias seguintes, definidas de acordo com uma recente pesquisa realizada nos Estados Unidos.

1. Desafios do século XXI
2. Experiência Juvenil
3. Ciência da Aprendizagem
4. Missão da Escola
5. Ensinar e aprender
6. Agência de Estudantes
7. Redes e Parcerias
8. Treinamento de Talentos
9. Avaliação de desempenho e gerenciamento
10. Tempo, espaço e tecnologia
11. Sustentabilidade do Modelo Financeiro
12. Governança
13. Capacidade de Implementação

Vão as perguntas:

1. O que os alunos precisam aprender hoje para ter sucesso no futuro?
2. Como podemos ajudar os jovens a serem criativos e auto-suficientes, descobrir o que lhes interessa, e dominar e aplicar o que aprendem?
3. Como podemos capacitar os jovens para contribuir em debates sobre educação?
4. Em função dos avanços na ciência da educação e da aprendizagem, quais são as implicações no sistema escolar?
5. Qual é a missão da Escola que queremos construir?
6. Como desenvolver uma Cultura que deve guiar o sentido do desenvolvimento da Escola?
7. O que é essencial para uma aprendizagem eficaz hoje?
8. Como criar uma abordagem de aprendizagem centrada no aluno?
9. Qual o modelo de práticas de ensino inovadoras?
10. Como capacitar os alunos para contribuir para a sua própria aprendizagem?
11. Como expandir os limites da aprendizagem para além da escola?
12. Como construir uma rede de relevância para permitir aos alunos experiências de aprendizagem dinâmicas?
13. Como recrutar os melhores recursos humanos para as escolas?
14. Como engajar diversidade, conhecimento e educadores na Escola?
15. Que conhecimento especializado existem nas Escolas?
16. Como medir o progresso individual dos estudantes e de toda a Escola?
17. Como quebrar as regras sobre quando e onde a aprendizagem acontece?
18. Como estruturar a utilização do tempo, do espaço e da tecnologia para realizar os objetivos da Escola e criar uma aprendizagem centrada nos alunos?
19. Qual deve ser o modelo de Gestão e de Financiamento das Escolas?
20. Temos um plano de acção estratégica amplamente consensual sobre as Escolas?

Mais do que o Orçamento, que é importante, há gente a formular estas perguntas e a pensar nas respostas?
Espero que sim.

É que senão, este aumento da verba terá exactamente o mesmo efeito que aquele orçamento de 1975.
Garantir o funcionamento da máquina.
Estamos em 2018 já.



0 comments: