sexta-feira, fevereiro 26, 2016

Debate Eleições Legislativas 2016

Posted by with No comments


1. A Democracia, sobretudo aquela de um País como o nosso, minúsculo, devia ter Mínimos Aceitáveis. Ouvir a falta de palavra que o PTS e PP trazem para o debate suscita dúvidas. Democracia para além de mediocre é cimentar o atraso.

2. A representante do PAICV terá nesta campanha o desafio de convencer a um eleitorado cada vez mais decisivo, de que os 15 anos da governação de José Maria Neves não constituem um fardo político. Conseguir um certo Delta, com novos argumentos, para além das barragens e outros ditos "ganhos", é a estrela a ser encontrada.

3. O líder do MPD, não pode acreditar que os 15 anos do PAICV implicam o "já ganhou"! O maior desafio de Ulisses Correia e Silva é conseguir construir uma imagem clara, mas tão clara de governação alternativa, que até o mais teimoso militante do PAICV, tipo aquele do Fogo, seja capaz de pensar em votar para uma mudança.

Outras notas:

4. Ao lado de tudo isso, vê-se uma Democracia em que, o mais importante debate politico fica à mercê do horário de uma coisa chamada "A Única Mulher". Todos os candidatos assinam um protocolo para um horário depois desta "Única Mulher", sem pensarem se é o melhor para os eleitores. Talvez seja!

5. No País de uma das imprensas mais livres do mundo, não se consegue fazer um debate do debate, ou seja, todo o mundo parece estar é com vontade de ir dormir, pois já estão com a cabeça "zucrinada" pelos políticos.

quarta-feira, fevereiro 24, 2016

Ranking da Segurança

Posted by with No comments

1. Magistrado: Baleado
2. Filho do PM: Baleado
3. Chefe de Segurança do PR: Baleado
4. Empresário: Baleado
5. Cidadão Comum: Baleado

Morabeza Sakedu

Posted by with No comments

Esta forma de receber as pessoas deve ser a última contribuição dada ao Kluster da Morabeza.
Sakedu...!!!

segunda-feira, fevereiro 22, 2016

Black History

Posted by with No comments


"I´m here to celebrate Black History" 

Virginia McLaurin, 106 anos de idade, visita os Obamas na Casa Branca.

terça-feira, fevereiro 16, 2016

Yes, I raised my hand to rethink High School

Posted by with No comments

quinta-feira, fevereiro 11, 2016

O Kluster que a malta não pensa

Posted by with No comments




Juntar a rabidância dos badius com o style dos mindelenses...!

Easy!

sábado, fevereiro 06, 2016

O Empresário de Sucupira

Posted by with No comments



Pergunto o preço e o jovem empresário de Sucupira faz antes um scan em mim, tipo aquele do filme Matrix, para identificar bem as caracteristicas da vitima a esfolar.

Depois de processar a informação toda, atira: 7.000 escudos.

Para onde é que aponta o "http" dos empresários de Sucupira?

sexta-feira, fevereiro 05, 2016

Números

Posted by with No comments

O Super Bowl 50 a mexer com a economia dos States.

O DJ chega e dispara!

Posted by with No comments


É Carnaval, é festa na Escola.

Oba.

O DJ não pergunta ao que veio.
A gestão da Escola não lhe disse ao que veio.
Os Pais não se incomodam com ao que veio.

Son na caixa, DJ!

E a música para a criançada é:

Essa moça é Doida
Essa moça é Doida
Essa moça é Doida

Doida, Doida, Doida
Doida, Doida, Doida
Doida, Doida, Doida

Essa moça é Doida
Essa moça é Doida
Essa moça é Doida

Doida, Doida, Doida
Doida, Doida, Doida
Doida, Doida, Doida

E o decibel é de loucos!
É música para a criançada!

quinta-feira, fevereiro 04, 2016

Cusas di Corason - Reinventando o Son

Posted by with No comments

O EP de mornas lançado hoje, 29 de janeiro de 2016, pela cantora paulistana - reitera a maestria do canto da artista. Zizi jamais carrega no drama - mesmo quando a canção que entoa é arrastada por maré sentimental de tristeza. A melancolia está entranhada de forma sutil no canto da bela música que batiza o EP O mar me leva, gravado por Zizi a partir do segundo semestre de 2014, entre Brasil e Portugal, com produção de Zeca Baleiro na faixa-título. Além de tocar violão de sete cordas nesta faixa, Swami Jr. se juntou a Baleiro na formatação da música O mar me leva, adornada com cordas arranjadas por Carlos Lima. O mar me leva é EP de mornas, gênero de Cabo Verde que a cantora africana Cesária Évora (1941 - 2011) ajudou a pôr no mapa-múndi musical na década de 1990. Gravado com músicos portugueses, opção estética que fica evidenciada sobretudo no arranjo fadista da passional composição Coisas do coração, última das quatro músicas do EP, gravada na Terrinha. Com sopros orquestrados por Yan Mikirtumov, Coisas do coração é versão em português - assinada pela própria Zizi - de Cusas di curaçon (2010), morna de Adalberto Silva, compositor de Cabo Verde conhecido como Betu. Tito Paris arranjou e produziu a faixa. Pautado pela delicadeza, o EP exibe sofisticação harmônica condizente com o canto de Zizi. Com a própria Zizi, Baleiro verteu para o português Odjus fitchádu (Idan Raichel e Mayra Andrade, 2009), música escrita no dialeto crioulo e propagada há sete anos pela cantora cubana (de criação cabo-verdiana) Mayra Andrade no álbum Stória, stória... (Sony Music, 2009). Na gravação de Zizi, Olhos fechados mostra o parentesco distante entre a morna e o samba-canção que brotou no Brasil no fim da década de 1920. Um acordeom (tocado por Paulo Borges) faz desabrochar Flor do sol, linda música que cita as canções marinhas de Dorival Caymmi (1914 - 2008) no verso "Quando o mar quebra na areia". Versão em português de Chico César e de Zizi Posssi para a Morna PPV, de autoria do compositor cabo-verdiano Tito Paris, Flor do sol foi gravada por Zizi nos Estúdios Andinos, em Paço de Arcos (Oeiras, Portugal), com arranjo e produção de Teló (Coisas do coração foi gravada no mesmo estúdio lusitano). Com requinte, Zizi é levada neste EP a percorrer belos caminhos melódicos e poéticos de músicas de além-mar que reverberam o amor, a paixão, o lirismo e a melancolia que ligam Brasil, Cabo Verde e Portugal. Pela beleza das mornas e dos arranjos, O mar me leva é disco à altura do histórico fonográfico de Zizi Possi, artista que já deve álbum de estúdio ao fiel público que seduz há 38 anos.

Fonte aqui.