quinta-feira, fevereiro 28, 2013

Xiomara sta na K oji!

LOCAL: K
DIA: 28-02-2013
HORA: 22h

Reflexão sobre o CD da Ceuzany - Texto de Kaká Barboza -


O CURTO CEU DA CEUZANY

Longe de mim prejudicar esta linda menina merecedora de um outro céu que não curto que “Nha Vida” a destinou. Devo dizer que esta jovem foi recebida como maravilha e encanto à sua passagem por esta cidade da Praia, integrando a banda Cordas de Sol, um grupo musical recheado de jovens talentos que representam muito bem a oração musical da ilha de Santo Antão. A cantora Ceuzany tem talento, tem presença e tem poder de canto. Ela pode chegar lá e voar sem receios no amplo céu da arte de cantar e de interpretar canções do mundo.

A forma como as músicas de Nha Vida foram preparadas e concebidas parecem vir de um território mítico e não de um país real, que é Cabo Verde. Nha Vida traz consigo tentativas e adaptações que são verdadeiro início de uma vida de apalpações direccionadas para a satisfação de quê, de que mercado, de que promoção artística, de que valorização musical, de que autores, de que produtores, de que músicos, de onde e quê, afinal.

A Harmonia Ldª caiu no embaraço de, primeiro, ter de lidar com a reposição do nome do verdadeiro autor do tema “Na ondas di bo corpo – de Dany Mariano”, segundo, ter de vir lidar com o grave acidente que é o CD “ Nha Vida”, a começar pela desatenção que devotaram à preparação dos temas musicais registados, entregando-os á responsabilidade da intérprete Ceuzany, para dar o impossível, facto que encurtou-lhe sobremaneira o céu onde pudesse voar lindamente. A Ceuzany precisa de ser aconselhada? Sim, precisa, por professores do canto para eliminar certos vícios do palco.

Conquanto ao tema “N’ka Pur Si” – de Kaka Barboza – devo dizer que os músicos de Santiago, os jornalistas das rádios, os amantes da música, todos eles ficaram muito chocados e tristes por verem a música que marcou a geração dos anos oitenta, pela singularidade melódica e pela retratação de um período simbólico, um, pelo surgimento do funaná, e, dois, pela gravação em estúdio de vozes inéditas de Santiago, Zezé e Zeka Nha Reinalda, em que o mestre Paulino Vieira, apostado num arranjo ousado do funaná, eternizou “NKa Pur Si”, sendo a letra um valor intimista ao mesmo tempo eufórico, próprio do santiaguez e devo dizer com toda a clareza que Paulino Vieira é o primeiro músico arranjador de Barlavento a ler e a interpretar Santiago na sua dimensão musical autêntica. O desastre ora verificado com “Nka Pur Si” e outros temas de matriz santiaguense deriva da incapacidade de se saber e de se obter Santiago na multiplicidade da sua vivência e história.

Ao surgir no mapa musical das ilhas, nos ouvidos dos residentes e dos embarcados o registo discográfico “Nha Vida”, pensava-se em acréscimos e nunca em regressões. “Nka Pur Si” no “Nha Vida” não deixa de ser um desarranjo assente na incapacidade, no oportunismo comercial e na asneira intelectual. Não fui consultado, e deu no que deu, texto truncado, descabido, sem nexo entre a melodia e a letra, esvaído dos traços mais comuns da geografia e pensar filosófico santiaguenses, dando cabo da natureza envolvente.


Nka Pur Si – registado no CD “Nha Vida”

Ai! Ai! Fidju fémia….
Min ka bá Lisboa….
Djan krebu djan krebu
Min ka bá Olanda…

Kel poku ki terra dá
Ku tra bá djuntá di meu
Lisboeta ka invejá
E Olandes ka fiká di riba


Djan krebu, djan krebu
Djan krebu fidju fémia
Dexan dezabri ku bó
Po da konta di nha nobu


Nta fazebu sinhorinha
Na midida bus dizeju
F’ka txutxutxe ponta margura
Na bainha mon d’se dono


Ai ai fidju fémia
Min ka ba Lisboa
Min ka ba olanda
Pamo min ka konsigui


NKA PUR SI (ORIGINAL)
             (Funana)

Dja-m krebu, dja-m krebu
Dja-m krebu fidjo fémia
Dexa-m dizabri ku bó
Pa-m da konta di nha nobu

Nta faze-bo sinhorinha
Na midida bu dizeju
Faka txuntxa ponta margura
Na bainha mon di si donu

Ayan! Fidjo fémia
Mi-m ka bá Lisboa
Mi-m ka bá Olanda
Má mi-m ka pur si

Kel poku ki terra da-m
N trabadja N djunta di meu
Lisboeta ka inveja-m
Olandês ka fika-m di riba

Praia, 23.05.1983 – Letra & Múzika – Kaká Barboza


Devo sublinhar que roubaram á melodia no essencial da sua estruturação. Não se partiu do Lá menor, simetrizado com Mi menor para cair em Ré Maior e depois ficar nos básicos Lá m e Mi m de sua marcação tonal. O próprio Paulino Vieira se enganou no disco Nka Pur Si quando apôs Ré menor, quando devia ser Ré Maior, lapso de que se desculpa “por ignorância”, confessa ele, todas as vezes que nos encontramos.

Este apontamento é um sinal de protesto contra uma clara atitude de desrespeito para comigo, autor do tema “Nka Pur Si”, contra o que se tentou chamar de adaptação, contra o encurtamento do céu da Ceuzany, um talento enrolado num autentico desarranjo musical, descaracterizante e barato. Irei discutir isso em fórum apropriado e sem demoras.

O disco “Nha Vida” mostra claramente a fragilidade com que a Harmonia Ldª caiu após o desaparecimento da Cesária Évora, cantora que dava força à nossa música e respeito aos compositores e músicos, além do substancial rendimento caído nas contas dos promotores.

Felizmente, teremos sempre o aberto céu das ilhas, todo ele contínuo, majestoso e inatacável no seu mistério de abençoar a nossa música e inspirar a viola e voz sem perderem a noção da caboverdianidade.

Pa más ki kabesa-l txeia é rabulisentu, margen é senpri txon di nubu rabentu.

KBarboza

Very Creative People Around



Músicas originais inspiradas no mar e memória. Músicas e multimédia criadas em duas semanas.
Com: Šara Stranovsky, Binga de Castro, Lúcia Cardoso, Carlos Ferro.

LOCAL: Café Palkus
DIA: Sexta, 01 de Março
HORA: 21:30

terça-feira, fevereiro 26, 2013

Senhor Presidente, Senhor Primeiro Ministro, Educadores, vamos divulgar esta ideia!



“I think everybody in this country should learn how to program a computer
because it teaches you how to think.”

— STEVE JOBS, THE LOST INTERVIEW


 Site: www.code.org

Eu Apoio, Presidente!


"A pior forma de combater a pobreza e o desemprego é permitir que cada um faça o que lhe der na gana, sem respeito pelas regras, em qualquer lugar e a qualquer hora, de forma impune. A África está cheia de exemplos de cidades que se afundaram por causa do exercício descontrolado do comércio e do transporte informal, com impactos extremamente negativos ao nível da organização, do saneamento, da segurança e da imagem das cidades e dos países. A desorganização e o não respeito pelas regras só conduzem a mais pobreza e a mais desemprego para todos.

Por isso, a Câmara Municipal alerta para a compreensão dos munícipes relativamente à necessidade do exercício da autoridade municipal e do respeito pelo trabalho dos agentes da Guarda Municipal.

Não é por falta de espaços que vendedeiras ocupam as ruas e os passeios para fazerem venda de roupas, hortaloiças, frutas e peixes, muitas vezes mesmo à porta das lojas e dos supermercados. Os mercados municipais dos bairros, incluindo o de Achada Santo António, estão praticamente vazios porque as vendedeiras se recusam a ocupá-los e porque há pessoas que em vez de se dirigirem aos mercados, preferem comprar na rua, alimentando assim situações de desorganização que tendem a crescer e a tornar insustentável a vida urbana na cidade.

A Câmara Municipal está empenhada em dar qualidade à cidade da Praia e em contribuir para a criação de oportunidades de rendimento às famílias, particularmente as mais carenciadas, mas tal só poderá acontecer num quadro organizado e de respeito mútuo."

Fonte: Facebook Presidente da Câmara - Ulisses Correia e Silva

segunda-feira, fevereiro 25, 2013

Uma Nota sobre o Obi Son - Concerto da Xiomara Barbosa


Foto: Rob (Drums), Wilson (Baixo), Xiomara (Voz), Ivan (Guitarra), Djinho (Teclados)


O Concerto "Obi Son" da Xiomara foi um momento de música sublime. 
Com um reportório ousado e novo, Xiomara levou o público presente a ouvir 10 temas que ela vem trabalhando com cuidado e sobretudo com carinho.

O resgate de Di Passagi, composição de Zequinha Magra, e de Angelina, de Zé Henrique, foi a meu ver um dos momentos altos do concerto, pois rendeu-se aqui uma especial homenagem a músicas que têm marcado a estética musical recente.

Durante o concerto, Xiomara teve ainda a preocupação de mostrar o seu apreço e admiração ao Wilson (Baixo) e Ivan (Guitarra), jovens músicos que têm estado com ela durante esta nova fase musical.

Uma especial menção foi feita à pessoa do Tio Zé Cubano, a pessoa que pela primeira vez organizou por iniciativa própria um concerto da Xiomara no Quintal da Música.

Pessoalmente queria agradecer à Xiomara por este momento de música e de estar com ela em palco, e ainda por ter tido a oportunidade de tocar com o fenomenal baterista Rob e com os talentosos Wilson e Ivan.

Reafirmo, finalmente, o caminho na "mansu mansu" desta voz que na certa vai brilhar.
Houve "Son" no Quintal da Música. 
Obrigado a todos que apareceram.













domingo, fevereiro 24, 2013

Música tem ki Ser Pur Si!


Ouvi, meio que en passant ainda, a música "Nka Pur Si" de Kaká Barbosa, gravada pela cantora do grupo Cordas do Sol, Ceuzany Pires.

Logo a seguir, conversei com Kaká sobre o assunto. Senti na alma azul do meu irmão, uma mistura de tristeza, mágoa e de raiva.

Não vou deixar outros comentários, já que aguardo a reflexão pública que ele pretende fazer sobre o assunto.

Enquanto isso, vou ouvir Un Batuku Xatiadu Si, para aguentar o meu batimento cardíaco!




sexta-feira, fevereiro 22, 2013

Língua Materna e Naturalidade


A meu ver, no dia Internacional da Língua Materna, 21 de Fevereiro, perdemos naturalidade ao falarmos a nossa própria língua. A tal língua materna que "é, sem dúvida, aquela que se domina melhor, no sentido de uma valorização subjectiva que o individuo realiza relativamente às línguas que conhece. Também se trata da língua adquirida de forma natural, através da interacção com o meio envolvente, sem intervenção pedagógica e sem uma reflexão linguística consciente." (Fonte: http://conceito.de/lingua-materna)

O que tenho visto na nossa Televisão constitui uma perda de oportunidade para sermos naturais e ainda darmos um verdadeiro show, abrindo o noticiário com as variantes todas. 

Seria expectacular ver e ouvir as "variantes"!

segunda-feira, fevereiro 18, 2013

Obi Son - Concerto de Xiomara Barbosa



Vai ser um prazer enorme estar no grupo que irá acompanhar Xiomara neste Sábado, 23 de Fevereiro, no Quintal da Música.

Pessoalmente acho que este concerto deveria chamar-se "Obi Son". 

É que Xiomara tem feito um esforço incrível nesses últimos tempos a nível da audição musical. Ouvir e perceber a música cabo-verdiana, portuguesa, brasileira, americana e músicas do mundo tem contribuído para um crescimento da cantora que pretende mais do que cantar. Buscar e perceber o que está escondido em "O Quereres" de Caetano ou em "Angelina" de Kim de Santiago, tem constituído uma caminhada suave de Xiomara, ao mesmo tempo que procura uma relação própria com os músicos.

Xiomara já percebe ainda que deve passar a lidar com as cifras, os tons e com a escala para poder ficar livre para pôr / impôr a sua voz.

Tudo isso na "mansu mansu", sem pressa!

Apareça então para o convite "Obi Son"...

sexta-feira, fevereiro 15, 2013

Gosto da Leveza de Corsino Fortes


Konde Palmanhã Manchê

Ó Konde
Ó Konde palmanhã manchê
Konde note ftcha ftchode
E palmanhã manchê
C’pê plantode na tchon
E terra na coraçon
Konde sangue rasgâ na corpe
Arve de broçe aberte
E smente gritâ na rotcha
Tambor de boca verde
E daquel som
Ma quell sangue soldode
Nascê boca
boca centrodeboca rasgodeNa roda de sol

Ó Konde palmanhã manchê
Sem dsuspère pundrode
Na bandêra de porta
Sem lanterna cindide
Na robe de burre
Pa naufroge de navi
Sem navi quebrode
Na boca de pove
E mar bem olte! brobe!
dsusperodeBen quebrâ na Praia Grande
Sês broçe gorde de pecode
E mar bem
Na se luxe
E na se grandèza!
Se mostre
De mar erguide na pêto
Se mapa bronque
Desenhode n’alma
Bem bidê na colónia dnha boca
Tod’aquel negoce dnha sangue ultramarine

Ó Konde palmanhã manchê
E Criste bem dsê morada
El bem ta bem
Pa broçe direita de Monte Cara
C’se cobe d’enxada
Ma se calçon drill
C’se pê na tchon
Ma se dede quebrode
Bem sentâ
Na pedra radonde dnôs fogon
Sem tchuva na mon
Sem fraqueza na sangue
E sem corve na coraçon

Ó Konde
Ó Konde palmanhã manchê

Relevância da Petição vs. Cidadãos Relevantes!


Vejo com interesse a noticia sobre uma petição levada por um grupo de cidadãos ao Presidente da República.

Espero que o pessoal tenha ido lá para representar sim uma vontade, uma causa. É que senão fica aquela sensação de que pelo facto de haver os corredores e afinidades o Presidente abre uma brecha na sua agenda para receber um grupo de amigos.

Sobre a morosidade da justição queria (re)lembrar ao pessoal que o Código Registo Civil é de 1967 e foi assinado por Américo Tomaz e Oliveira Salazar.

Será que os proponentes da petição se preocupam com este pequeno detalhe?

Talvez para inspiração deixo a referência de Rosa Parks: "knowing what must be done does away with fear".

Abraão Vicente apresenta "33"


Quadros, datas ou um pretexto? Abraão Vicente apresenta à cidade mais uma colecção. Um privilégio poder estar no atelier horas antes e tentar entrar no labirinto denso da obra de Vicente. Perceber o movimento, o "son" e os marcos referenciais dos frames é sem dúvida um desafio interessante ao qual o artista nos convida.

Local: Galeria Nhu Eugénio - Achada de Santo António
Dia: 15-02-2013
Hora: 19h

quarta-feira, fevereiro 13, 2013

Cinza Global





oji ê dia di Cinza na ilha di Santiagu.
Nta convida alguêm di tudo mundo pa bem conxi um dia ki nu ta da um show di cozinha pa mundu interu...

Hoje é o dia das Cinzas na Ilha de Santiago.
Convido a todos os cidadãos do planeta para nos visitarem neste dia em que damos um verdadeiro show de culinária para o mundo. (Português)


Today is the day of  "Cinzas" in the island of Santiago.
I would like to invite all citizens of the planet to visit us and experience a real cooking show to the world. (inglês)


Aujourd'hui est le jour de "Cinzas" dans l'île de Santiago.
Je voudrais inviter tous les citoyens de la Terre à nous rendre visite et découvrir la vraie cuisine spectacle du monde. (Francês)


היום הוא היום של "אש" באי סנטיאגו.
אני רוצה להזמין את כל אזרחי כדור הארץ לבקר אותנו ולחוות את תוכנית בישול של ממש בעולם.(Hebraico)


Hoy es el día de la "ceniza" en la isla de Santiago.
Me gustaría invitar a todos los ciudadanos del planeta a visitarnos y experimentar una cocina espectacular del mundo. (Espanhol)


امروز روز "خاکستر" در جزیره سانتیاگو است.
من می خواهم به دعوت از همه شهروندان این سیاره به ما مراجعه کنید و تجربه نشان پخت و پز واقعی را به جهان است. (Persa)


今天是“灰”在聖地亞哥島的一天。
我想邀請地球上所有公民來看望我們和世界體驗真正的烹飪節目。(Chinês)


Σήμερα είναι η μέρα της "Τέφρα" στο νησί του Σαντιάγο.
Θα ήθελα να καλέσω όλους τους πολίτες του πλανήτη να μας επισκεφθείτε και να γνωρίσετε την πραγματική επίδειξη μαγειρικής στον κόσμο. (Grego)


Сегодня день «Ясень» на острове Сантьяго.
Я хотел бы пригласить всех жителей планеты к нам в гости и испытать реальные кулинарное шоу в мире. (Russo)


आज सैंटियागो के द्वीप में 'ऐश' दिन है.
मैं ग्रह के सभी नागरिकों को आमंत्रित करने के लिए हमें यात्रा और असली खाना पकाने दुनिया को दिखाने का अनुभव करना चाहते हैं. (Hindu)







sexta-feira, fevereiro 08, 2013

A Voz de Herbie Hancock



"É importante que os artistas não se metam na gaveta do entretenimento", insiste Hancock. "Não digo que toda a gente tenha de o fazer, mas aquilo que dá valor ao estatuto de celebridade é usá-lo para elevar o espírito humano, para encorajar e inspirar as pessoas."

Fonte: Público.

quinta-feira, fevereiro 07, 2013

Nota aos Mercenários da Palavra Rasca!


Hoje vou fugir à linha editorial do meu Son di Santiagu para mandar uma nota aos mercenários
jornalistas e financiadores do Beral. É que o Li caiu há muito.

Será que realmente vocês já descobriram o porquê do peditório ainda em curso neste vosso defunto HTML? Porquê tanta violência, tiroteio verbal e moral contra famílias e seus membros?

De uma coisa estou certo. Tanto o meu "patusco" jornal, como o meu irmão Kaká Barbosa e a obra ficarão,
porque terão veia forte e sangue para levar adiante.

E o vosso destino? Qual será? Eu sei. O vosso está marcado de forma fria na ampulheta digital. É uma questão de tempo.

Deixo aqui o link da vossa contagem regressiva http://www.online-stopwatch.com/portuguese/full-screen-egg-timer.php.

A propósito, aonde pára a entidade e as personalidades que devem ser o barómetro do jornalismo em Cabo Verde?

Show up guys! Pela decência no jornalismo!

segunda-feira, fevereiro 04, 2013

Nós e o Pós CAN 2013



A meu ver não há palavras ou texto que possa descrever o que se viu na Nação Cabo-verdiana nesses dias em que a Seleção Nacional esteve a dar um autêntico show na África do Sul.

Definitivamente colocamos mais uma laje neste processo difícil de construção de um simbolismo necessário: temos pátria, temos bandeira e "nu ta xinti feliz di ter nascido cabo-verdianos".

Pensando alto, entendo que o feito da Seleção pode colocar desafios enormes e estes pedem eventualmente que sejamos consequentes.

Gerou-se um "Postive Vibration" nacional que pergunto se de facto saberemos absorver e tirar proveito, canalizando para ações concretas. Sendo assim, entendo que qualquer destas perguntas a seguir podem ser legítimas (e claro que há muitas mais...!)

1. Vamos aprender sobre a Constituição e valores Nacionais?
2. Vamos fazer funcionar a Postura Municipal?
3. Vamos decretar Tolerância Zero à Violência?
4. Vamos resgatar a tal da Morabeza?
5. Vamos investir seriamente na organização dos partidos, das empresas, das organizações, das comunidades e das escolas
6. Vamos reinventar o Estado Democrático, instituição já falida hoje em dia?
7. Vamos ter um Parlamento e Deputados de referência mundial?
8. Vamos deixar de promover a "teoria de coitados e apoios"?
9. Vamos apelar à qualidade e mérito de todos?
10. Vamos ser consequentes e merecer o suor dos Tubarões Azuis na CAN?

Pensemos todos!

sábado, fevereiro 02, 2013

Rajindraparsad Seechurn 2 - Cabo Verde 0 - O escândalo africano de 2013.


Sobre isso o Lúcio disse:

"Cape Verde coach Luis Antunes:
"Today, we all watched a beautiful game but, unfortunately, the best team is going home and the tournament will lose its shine.
"This was our fourth game and in our first three games there were no questions - now there are questions. You should draw your own conclusions.

"They would want to see Ghana move into the semi-finals or do you want 200 spectators to watch Cape Verde against Togo in the semi-finals?"

Fonte: http://www.bbc.co.uk/sport/0/football/21294305

E o Presidente da Republica remata:

"Perdemos mas o que fizemos dignifica e orgulha a Nação cabo-verdiana no seu todo. Estamos gratos aos «Tubarões Azuis» - jogadores, técnicos, dirigentes, médicos, massagista, outros responsáveis - pela qualidade e competência demonstradas, pela determinação e vontade de vencer, pelo amor ao país que marcou e atravessou todo o precurso notável realizado.
Este jogo teve um resultado que não traduziu o que foi feito pelas duas equipas, mas não vamos lamentar-nos da sorte, da injustiça ou de um árbitro pouco «feliz» neste dia. Fomos hoje claramente melhores mas... perdemos. Há muito ainda por ganhar.
Bravos «Tubarões Azuis»!"