segunda-feira, dezembro 05, 2011

Crónica sobre o Cruzeiro

Posted by with 1 comment


Há dias Mindelo recebeu um navio com 4000 turistas. Por apenas 7 memoráveis horas.

Alguém me contou que foi algo espectacular. O dia foi mais ou menos assim.

No desembarque os turistas foram recebidos por grupos carnavalescos da ilha. Uma recepção e tanto.

Depois foram divididos em vários grupos. Houve workshops na Centro Cultural do Mindelo e Universidades sobre a história da ilha, do porto grande e das gentes e intelectuais mindelenses.

Visitaram pontos importantes como Monte Verde, Baía, Calhau, Praia Grande e ainda alguns bairros da Cidade como Ribeira Bote e Monte Sossego.

Foram recebidos pelo Presidente da Câmara e ainda pela Cesária Evora num tipo de Welcome Cultural.
Visitaram os museus da ilha, como o museu dos escritores, poetas e dos músicos e ali puderam falar com Vasco Martins, Germano Almeida entre outros.

Houve ainda concertos corridos no auditório Jota Monte, com apresentações de Hernani, Bau, Voginha, Vlu etc.

Os restaurantes nunca serviram tanto prato típico. Os artistas plásticos venderam todas as suas produções, assim como vários violões e outros instrumentos foram adquiridos. Segundo a Harmonia todos os CDs de música caboverdiana foram também vendidos.

Doces e bolacha, especialidades da ilha, também tiveram uma saída histórica.

Enfim, o navio trouxe uma excelente oportunidade de negócio para a ilha e o nosso empreendedorismo funcionou e de que maneira.

Consta que um jovem de 21 anos se apaixonou na praia da Laginha por uma criola e resolveu ficar por cá...

O próximo navio é para breve com mais 4000!
Reacções:

1 comentários:

Tchale Figueira disse...

Meu caro Djinho: Que bela sátira!!!
ahahaha vendi todas as minhas obras, estou podre de rico, o que cai bem nesta tal crise que por cá anda nestas ilhas já lá vão, uns 500 anos. Abraço.
PS: Se necessitares de algum cacau, liga, que eu faço um donativo aos Musicos e Artistas plásticos de Santiago.