Facebook
O Son varia com a L´Atitude.

segunda-feira, junho 30, 2008

Se eu pudesse telefonar ao Zema!



1º Ministro

1. Educação
2. Justiça
3. Saúde
4. Cultura e Cidadania
5. Meio Ambiente

6. Infraestruturas
7. Finanças
8. Ciência e Tecnologia
9. Negócios Estrangeiros e Diáspora
10. Ilhas
Share:

sábado, junho 28, 2008

Para fechar o 1º Semestre!


Depois da vaga democrática, do culto zouk love, do casubodismo e da violência, do cartel da droga, do breu absoluto, dos preços e da última remodelação governamental acho que a única coisa que realmente nos falta na cidade é uma aparição em grande de um OVNI.

Que venha o segundo semestre!
Share:

quinta-feira, junho 26, 2008

Euro 2008!



A verdadeira diferença entre Cristiano Ronaldo e Ballack.
Share:

Código Genético!



Descobri o código genético da cidade capital de Cabo Verde.





B.R.E.U!!!


E.S.C.U.R.I.D.Ã.O A.B.S.O.L.U.T.A


F.O.R.E.V.E.R
Share:

terça-feira, junho 24, 2008

Other Spots to look at!


Estando fora das ilhas fico cada mais com a impressão que já não chega para se manter updated ler as tradicionais presenças on line sobre Cabo Verde.

Este link é cada vez mais fundamental. Thanks a todos.
É coisa para se fazer uma boa campanha também lá fora. O pessoal da chamada "diáspora" gosta de acompanhar o que acontece por cá.

Foto: Campus Universidade Aveiro.
Share:

Xiomara - Ela vem aí na "mansu mansu"

Share:

quarta-feira, junho 11, 2008

Planeta Terra!



Segundo especialistas, a foto mostra como será a Terra em 2100.

Nada animador!

Com as recentes noticias do globo e que têm a ver com interesses globais (combustível, alimentos, aquecimento, inundações, fome, miséria, ignorância, falta de bom senso) é coisa para se dizer:

Terra, ame-a ou deixe-a!

O próximo bom negócio parece ser Hiaces diretu to space!
Share:

segunda-feira, junho 09, 2008

Bob - Actualíssimo!


Umbush in the night...

See them fighting for power
But they know not the hour
So they bribing with
Their guns, spare-parts and money
Trying to belittle our integrity
They say what we know
Is just what they teach us
Thru political strategy
They keep us hungry
When you gonna get some food
Your brother got to be your enemy

Ambush in the night
All guns aiming at me
Ambush in the night
They opened fire on me
Ambush in the night
Protected by His Majesty

See them fighting for power
But they know not the hour
So they bribing
With their guns, spare-parts and money
Trying to belittle our integrity
Well what we know
Is not what they tell us
We're not ignorant, I mean it
And they just could not touch us
Thru the powers of the most high
We keep on surfacing
Thru the powers of the most high
We keep on surviving

Ambush in the night
Planned by society
Ambush in the night
They are trying to conquer me
Ambush in the night
Anything money can bring
Ambush in the night
Planned by society
Ambush in the night
Share:

sexta-feira, junho 06, 2008

Caros do A Nação!


Vi e agradeço a referência que fizeram ao Son di Santiagu.

Também agradeço pelo razoável que acharam o blog.

Do meu lado já corrigi a gralha (retive). No entanto, o post é completamente outro.
Tem a ver com este e não com este.

E vocês? conseguem melhorar o vosso jornal e quem sabe o Zig Zag deixar de ser uma "versão light do Radar"?

Se quiserem fazer algo de jeito sobre o blog ou blogs estou pronto para colaborar.
Mas até aí têm que descobrir os blogs, claro!

Epa a foto! Ela quer dizer que há jornais e há padarias...

Mantenhas.
Share:

Assomada to Praia Diretu!





Chega ao fim a residência artística CICER, dirigida por António Rocha, com a participação de Magaly Ponce e Gisele Creus.


Vão mostrar hoje no Palácio da Cultura o que conseguiram traduzir em arte a sua estadia de cerca de 30 dias entre nós.
Abraão Vicente é o único artista local a participar do evento.


Nu bai diretu pa Palácio oji.

Sexta Feira
19 horas



foto: César Schofield
Share:

quinta-feira, junho 05, 2008

Da Boca do Poeta!

















"Por uma questão de opção (sem menosprezo pelo que se faz por lá), eu normalmente não leio Poesia Caboverdeana. Mas, acho que neste momento há dois ou três Poetas da nova geração que estão a fazer um trabalho bastante bom... Daqueles mais antigos, eu citaria o João Vário, o Arménio Vieira... Dos meus contemporâneos, era capaz de falar do Valdemar Velhinho Rodrigues, o Vadinho, e do Filinto Elíseo que publicou dois livros aceitáveis, e um terceiro, o «Das frutas Serenadas», que representa um salto de qualidade enorme na sua Poesia."

"Aliás, a mim parece-me absolutamente incompreensível (e aí a culpa não é só do estado) que não exista um prémio nacional de literatura (os da associação de escritores, pelo seu baixo valor e incerteza na atribuição, não preenchem tal lacuna) ou uma rede de livrarias minimamente decente.A atenção à cultura não pode centrar-se sobretudo em aspectos celebrativos ou comemorativos e na medalhação desenfreada e inconsequente."

"Aliás, nesses finais dos Anos 80, a Praia estava efervescente em termos literários. É curioso que hoje na Literatura, os novos valores sejam sobretudo da Ilha de Santiago... Isto, sem qualquer sombra de bairrismo, porque sou um caboverdeano de corpo inteiro e alma imensa: é só para tentar desmistificar as ideias erradas que por aí circulam. Aproveito para contestar as afirmações difundidas há tempos, por um universitário francês - ao falar dos Anos 80 em Cabo Verde - dando uma proeminência enorme à Revista Ponto e Vírgula (editada em S. Vicente), esquecendo-se das coisas que se passavam na Praia. Se formos a ver bem, a Ponto e Vírgula produziu um Escritor, o Germano de Almeida, enquanto as revistas da Praia suscitaram o aparecimento de uma plêiada deles, de que vou citar alguns nomes – Valdemar Velhinho Rodrigues, Filinto Elísio, Dina Salústio, José Luís Hopffer Almada, Dany Spínola, enfim, gente com mais ou menos qualidade e que é a cara da Literatura Caboverdeana de agora."

"A Música Caboverdeana nunca se preocupou muito com a Poesia dita erudita."

"O discurso dos nossos políticos acentua que a Cultura é a pérola de Cabo Verde, mas na prática parece que essa pedra preciosa anda a ser atirada aos porcos. Não vejo um investimento significativo na Cultura de Cabo Verde. Aquela Cultura que se projecta, é à custa de si própria, pela sua qualidade, e não por que haja um programa ou um investimento coerente nesse campo."

Ler entrevista completa.

Share:

segunda-feira, junho 02, 2008

Carlos Alhinho!


Porquê a tragédia com este grande atleta?
À Teté e familia toda a força deste mundo.
Share:

Pesquisar neste blogue

Categories

Popular Posts

Blog Archive

Visitors

Copyright © O Son varia com a L´Atitude | Powered by Blogger
Design by SimpleWpThemes | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com | Distributed By Blogger Templates20