quinta-feira, outubro 23, 2008

A frase do Vereador!

Posted by with 7 comments


"...seria uma grande traição do Bana se não viesse cantar em São Vicente..."

O que é que o digníssimo vereador quer dizer com tamanha coisa durante a cerimónia de homenagem /lançamento do livro do Bana?


foto: http://tvkafuka.blogspot.com
Reacções:

7 comentários:

da caps disse...

jovem,

inda nhu ca habitua co discursos di políticos di nos terra?!

kes di norti ca ta sobrevive (ou ês ca sôbi vive?) num discurso si ca for pa poi sv la riba e praia pa baxo..

teve piada tchuba último qdo sv passa di "um brasilin" pa "um piscininha", parcem ma sra soberana di câmara cris defendi queda argumentando qui "teve enchenti ma ca houve lixo ta boia.." em vez de reconhece ma tem problema pa resolvi co escoamento de água

n' ca muto di pronuncia sobre ês tema pamó sima ta flado la mê pa norti, "mei teston ca tem trôc" ma hora ki insistência ê tcheu convem reagi si não ês ta poi (ses) povo ta pensa ma "mintira ê d'vêra"..

bana merece ser homenageado na qq lugar di cv, é ê obrigaçon di sê ilha natal també homenageal,
afinal tem dinhero pa "midjor festival di cv" ês (kel digníssimo verador) debi tem també pa manda busca e homenageia kes ki ês ta considera midjor fidjos di terra.
tem deixa qui era dispensado..

Anónimo disse...

Ó pá, desculpa lá mas o homem é de S. Vicente, como tu és tão orgulhosamente de Santa Catarina! Que tal se a Nacia Gomi fosse ser homenageada em S. Vicente? Como iriam reagir os Santiaguenses? Eu penso que a reacção é natural, tirando alguma emotividade desnecessária e preconceitos a mistura.
Liandra

Anónimo disse...

Este fim de semana ouvi um comentário de que o Djinho Barbosa apareceu nesta homenagem como o representante da UNICV. Até aí tudo bem, até porque é um dos elementos da Reitoria! Mas dizem as vozes que esteve no palco de mãos nos bolsos, como se tivesse na certimónia a passeio. Estava a dar uma de "cool" quando se pretendia que assumisse uma de representante da Reitoria, o que não se coaduna com um "estar" tipo "tud cool, tud nice". AS vezes pretendemos passar a imagem do descontra, que até nos pode ficar bem, mas devemos avaliar o ONDE e o EM QUE CIRCUNTANCIAS.
AS pessoas comentaram e convem que voces se convençam que cada um estar "di cê manêra" já não colhe! É por isso que estamos como estamos!
Livro de Eiqueta precisa-se!!!!!!!!!!!!
sandra

Anónimo disse...

Hello Sandra (?)

Agradeço o seu comentário.

Vejo que o facto de eventualmente ter colocado a mão no bolso enquanto estive no palco tenha se constituido num pecado capital, ou então incomodou pessoas...
peço até desculpas se isso de facto aconteceu, já que como disse estava a representar a instituição Uni-CV.

De qualquer forma estou ainda a procurar entender se de facto "a mão no bolso" foi o meu crime...ou outra coisa qualquer!

Djinho

João Branco disse...

Djinho, vamos lá ver uma coisa. Ele não disse «seria uma traição se ele fosse cantar na Praia, na Brava, em S. Nicolau ou em S. Luzia», pois não? Disse, segundo o teu post, que seria uma traição (um termo assim, meio melodramático mas que fica sempre bem num discurso politico), não cantar em S. Vicente. Não vejo nenhum mal nisso tendo em conta que o Bana é fidj de Soncent.

Todas as terras gostas de homenagear os seus filhos. É normal. E, como se pode ler no comentário do dacaps, isso é muitas vezes motivo de confusão. Cantar os herois de algum lugar não é estar CONTRA todos os outros lugares do mundo. Honrar S. Vicente, e isso é algo que os mindelenses, com a sua basofa característica tanto gostam de fazer, não é estar CONTRA a Praia ou qualquer outro lugar de CV.

Mal dos nossos representantes se não pusessem Soncent «de riba»!

Mais grave, do meu ponto de vista, é haver tanta gente que vê nisso um grande problema, ou pior ainda, uma ofensa a outros lugares, zonas, ilhas ou cidades do pais.

Nada a ver.

Abraço fraterno

da caps disse...

como alguém disse,
"uma coisa é o que gostaríamos que fosse, outra coisa é o que é na realidade.."

Anónimo disse...

hello João, vamos lá ver uma coisa...
nós todos sabemos sim e muito bem o que o vereador quis dizer...é aquilo que ele não pôde dizer claramente...tu bem sabes que esta questão fede e não coragem para se discutir abertamente.
Como diriam os angolanos é um problema que estamos com ele há muito...

Djinho