ECO a um crítico anónimo!

12:48 da tarde Angelo Barbosa 4 Comments
















"É Deveras Gritante e oportuno que se ponha um STOP neste sistema de Coisa Dentro e Fora do espaço Cultural, senão vejamos:
1º Quem são todos esses aparatosos artistas de nova geração espontanea que apareceram dando lábia e cara em tudo e quanto aparece nesta Terra com Esforço de muitos que duma forma Húmilde e desapaixonadamente dão o tão pouco mas grande contributo para nossa CULTURINHA QUE sÃO CONTADOS NOS DEDOS.


2º SER-SE OU ARMAR-SE EM CRITICO DA MÚSICA Caboverdeana em que base e quais as influências pois Sabeis muito bem que Bebestes Lá pro lado do srº Brasilinho,Cubinha e tantos outros que não vale a pena Citar.

3º Deixemos de ser Caixa de Resonância de pessoas que queram projectar a Custa de Sites Criatos para Tal Como caso de "Djinho Barbosa" com o seu trás di som mas com confluências e influências pouco Bonatórias para Música de Cabo Verde. Não basta agrupar meia Dúzia de gatos Pingatos para se querer projectar duma Forma UNI-PESSOAL na MÚSICA DE CABO VERDE Não sejamos assim. PERGUNTEMOS QUEM ERAM ESTAS PESSOAS ANTES? Trouxeram UM TRANSPOSSE DE OUTROS PAISES ONDE ESTUDARAM PARA CABO VERDE SIMPLESMENTE. Onde está a Vossa Originalidade?????

Eu para mim independentemente do Disco ser um trabalho de qualidade mas Pergunto: GRAVAR NUM ESTÚDIO HOJE É FACIL PARA TODOS ,MAS o que queremos que Estes mesmos Artistas apareçam ao VIVO E DA SILVA E FAÇAM O REAL JULGAMENTO "FIXEM" CANTAR NO ESTÚDIO É UMA COISA MAS AO VIVO DESAFIO QUE FAÇAM SHOW E ESTAREMOS LÁ A DAR A NOSSA CARA GRITANTO VEIS COMO TINHA EU RAZÃO.

NU DEXA DI DA PA DODU PAMÓ LI NA PRAIA CRÉ GRIADU UM ONDA DI MÚSICOLOS QUI PAXENXA ÉS CA FIRMA NA SÉS MOCIDADI ÉS BIRA GOSI TUDU PROFETA.....

PRAIA DANÚ CORAGI KU SAÚDI PAMÓ LI MAS PAPIADÚ KA TA OBIDÚ MA PRAIA MERECI MÁS.

CRÉ BIRA CU PROFECIA E TENTA PASSA MENSAGI KA REAL PARCEM MA DJÁ STA BUUMM.

NHOR DEUS NHU DANÚ FORÇA KU CORAGI PA GUENTA NÓS KULTURA TRUBULENTUUUUU......
fonte: retratos

You Might Also Like

4 comments:

velu disse...

O que é isso Djinho? De onde tiraste este comentário? Francamente! Ainda me belisco para vers e estou a dormir ou se estou bem acordada, tamanho os absurdos!
"Onda de musicólogos?" Xiiii....
Este anónimo é terreste? tens a certeza?
Fica bem.

Alex disse...

O meu comentário está/foi feito. Se o Djinho quiser que o apresente. A coisa está assinada. Não temos que ser simpáticos com esta gente (e eu até sou apologista do ANONIMATO CRIATIVO, mas exigente e responsável). Por 'simpático' refiro-me aos gatinhos que o Djinho junta na sua resposta. Na minha proposta de comentário havia um CAMELO com ar muito simpático, e uma não menos simpática e eloquente observação em linguagem gestual, de dedo em riste, internacionalmente utilizado em todas as línguas.
Quando for grande e tiver um Blog direi aos anónimos inconsequentes o que penso deles!
Fica a intenção.
Abç's
ZCunha

Anónimo disse...

Parabéns ao Djinho pelo espirito de abertura de pôr 1 Post dum critico.independentemente do conteudo. Muito democratico muito louvavel. coisa que não acontece noutros blogs, cmo o do Sr.João Branco, que persistem no espirito de censura doutros tempos.

Alex disse...

Caro Sr. Anonymus said...

Não sei muito bem a que se refere, mas quanto a mim, para uma MAU ANÓNIMO, só mesmo um BOM CENSOR!
Depois, quem quer dar opiniões SEM MAIS VALIAS, que o faça em lugar próprio, criando o seu Blog. O autores dos Blogues, têm o direito, e o dever, de EDITAR tudo o que por lá passa, e tudo o que por lá se passa. Um exemplo. O Djinho negou-se, e bem, a publicar um Post meu, a propósito deste assunto, porque ajuizou (a meu ver erradamente) que tal Post seria ofensivo. Só a ele, e exclusivamente a ele compete decidir o que neste Blogue é publicado. Não entendi, nem entendo, que a atitudde dele tenha sido um acto de censura. Pelo contrário. Foi apenas e tão só a manifestação de um CRITÉRIO de postagem. No que fez muito bem.
Como frequentador do Café Margoso, lamento ter de discordar da afirmação que produz. O 'Margoso', que não precisa de advogados (já é o Diabo), é um espaço de qualidade, com espírito de abertura e tolerância, que provoca e pratica o contraditório, e o seu autor, pessoa lúcida e inteligente, um tal de Sr. João Branco. Tem de haver outra(s) razão(ões) para o seu desabafo, ou está confuso sobre o significado da palavra 'censura'. O contrário de censura, não é nem ABUSO, nem REGABOFE, nem DESBUNDA. Muito menos dar cobertura à mediocidade, e à cobardia mascarada.
Com consideração
José E. Cunha