Um ano de "Son"

1:55 da manhã Angelo Barbosa 5 Comments


10 de Novembro de 2005.
Nesse dia, há um ano atrás, fazia o primeiro post e lançava assim o Son di Santiagu. Com esta ideia eu quis criar uma forma de me envolver com as coisas de carácter cultural, sobretudo na música, que se passam na minha ilha. Acreditei que era preciso fazer também alguma coisa para ajudar na divulgação do que existiu e que existe em relação ao que considero este quente "calderon" cultural que á a Ilha de Santiago.

Claro que há muito para fazer "má pressa ka ta mora li".

Importa é que acredito no desafio e vou seguindo em manter o blog, procurando aprender com esta coisa dificil pra mim que é escrever.

Tenho recebido inputs, bons e outros pra esquecer (tipo o daquele anónimo mediocre :)).
Aqui vale dizer no entanto que esperava e espero mais participação sobretudo da "comunidade" artistica.

Hoje na realidade, estão de parabéns a meu ver, todos aqueles que venho fazendo referência no blog e aqueles que ainda não fiz.
É esta gente que verdadeiramente faz o Son di Santiagu.

Santiago, esta ilha que tanto dá e não se cansa de esperar de todos nós qualquer gesto, merece pelo menos da minha parte esta pequena janela na internet.

Muito som para todos. Posted by Picasa

You Might Also Like

5 comments:

Pura eu disse...

Parabéns ao blog, a Santiago e aos sons todos que tanto amamos!

Longos anos...

Margarida

Karine disse...

Parabens pa Son di Santiagu.
É um blog qui entra na nos quotidiano, um ponto de referencia pa tudo o que ta toca a Kultura.
E bo enquanto mentor di es ideia tb bu sta di parabens djinho pa opurtunidade qui bu danu di nu manti informado, di da nos opnião, enfim, di participa!
Parabens e longos anos de vida pa Son di Santiagu

karine

Anónimo disse...

parabens e mas uns bons one de vida e feeling de escrita.
conta ke mim como leitor forever.

humberto ramos

Paló disse...

SON DI SANTIAGO

Uma lufada de ar fresco na galeria cultural cabo-verdiana.

Terra Sabi disse...

Terra Sabi dá os parabéns ao Son di Santiagu e deseja que este continue a navegar nestas águas de "Muzika di Téra" durante muitos anos.

Bo screbi sabi Djinho...

Mantanhas