Nkrê un Son más Son...

terça-feira, outubro 31, 2006

Fragmentos - A visão de Ricardo!



"O disco reflecte, de certa forma, a minha visão sobre Cabo Verde. A partir do momento em que os temas foram feitos aqui, eles assumem essa atmosfera de mar que modela as pessoas e as vidas destas ilhas. No entanto, há um tema, onde isso é bem evidente: “Morna Brasileira”. É uma morna bem à minha maneira, bem ao estilo da mensagem deste trabalho: repleta de fragmentos. Eu não podia deixar esta terra de fora do meu trabalho. O piano-solo transmite realmente essa tranquilidade, paz, vontade de viver e de força que Cabo Verde me dá."

Em Asemana on line.


Deixo aqui a lírica da Morna Brasileira, criação de Vera e música de Ricardo.

Di tantu n´fla
Bo e di meu
Korason tchiga-n
Pertu di seu…n´fika
Más pa Deus, ki pa bó
Na nh´alma

Di fladu ma fla
Ken ki fla
Boka mundu bira más pa mi
Ki pa bó
Na un sonhu di ses ka di meu

Lua bota ses inkantu pa sol
N´pidi Deus pa bó
N´reza n´reza
Lua bota
Ses inkantu pa sol
N´pidi Deus na séu
Un sonetu di amor, di amor

Santa, era nomi ku da-n
Ma mundu ka dexa-n merese-l
Bu pidi-n pa-n fika
So ku Deus y ku bó…

N´xinta, n´spera pa Deus
N´pega-u di mansinhu na mon
Deus tchiga, lua ben
Sol també, pa brinka

Deus sabe o fez quando nos mandou Ricardo.
Obrigado a Deus e claro à Vera que recebeu a grande encomenda.


Posted by Picasa

4 comentários:

Anónimo disse...

O post “Jornalista tem opinião?”, publicado no Blog Lantuna, em 28 de Outubro último, leva-nos a tecer estes comentários, à luz do maior esclarecimento dos leitores da net.

A Matilde tentou uma fuga em frente, desviando-se do cerne da questão. Não era a opinião do Jornalista que estava em causa. Até porque a opinião é um direito legítimo de todo e qualquer cidadão, não distinguindo a casta profissional. O Jornalista, tal como o Médico, Electricista ou Sapateiro, tem sim direito à opinião. Não se pretendeu dizer que o Jornalista terá de ficar com o “bico calado”. Aliás, o professor Luiz Beltrão, que apreciamos, não só definia a opinião como um função vertical do Jornalismo, mas a defendia como um dever.

Só que, devido à função informativa do Jornalista, este deve estar nas áreas das “news and comments”, com a mais insuspeita credibilidade e isenção. Entendamos que a opinião jornalística não tem de pedir licença ou entrar pela porta dos fundos, pois ela é mais do que legítima. O que já não é legítima é que as opiniões sejam manipuladas e manipuláveis por grupos de interesses, como têm sido o caso daquelas, obviamente defendidas pela Oiá, Mostra Internacional de Cinema Documental do Mindelo, certame, promovido pela Fou-Nana Projectos, que devemos respeitar.

A Matilde devia ter citado a fonte dessas opiniões, em vez de as assumir como olhar próprio e sem qualquer isenção. Repetimos que a Matilde deve e tem de dar opinião, quebrando silêncios, mas com honestidade e dignidade e com a recta intenção de orientar o leitor, sem tergiversar ou violentar a sacralidade das ocorrências e das verdades.

É que, segundo o professor Marcos Palácios, discorrendo sobre a utilização dos Blogs pelos jornalistas, o choque entre "imparcialidade" e "opinião" recebe outras colorações e levanta novos problemas. É preciso sim denunciar irregularidades, é preciso denunciar abusos, é preciso, sim, mais do que nunca, contribuir para um país mais justo. Mas a ética e deontologia não podem ser ultrapassadas, nunca. E, em remate final, temos de reconhecer que a não observância da isenção revela a grande verdade embutida nesse post. O nível crítico da Matilde ainda não está ao nível da análise crítica que se espera de uma “jornalista de opinião”.

Ritinha disse...

"não deixes que um bom post estrague o ambiente lá em casa"
"não deixes que um bom post dê a perceber à tua mãe que és um ser sexuado"
"não deixes que a política te afaste de quem gostas de ler"
"não deixes que um bom post denuncie à tua ex-namorada que voltaste ao activo"
"não deixes que as manias intelectuais espantem as massas e molestem o sitemeter"
"não deixes que os posts pop te façam cair em desgraça ante os intelectuais"
"não deixes que as tuas convicções estraguem um bom post"
"não deixes que um bom post mal-expresse as tuas convicções"
"não deixes que um bom post exagere da tua mundanidade"
"não deixes que o teu clubismo te antagonize com os preciosos leitores portistas"
"não deixes que um bom post te corte a bebedeira"
"não acabes com o blog porque apanhaste uma tampa e estás de mal com o mundo"
"não deixes que um bom post estrague as tuas hipóteses com a Liliana Santos"
"não deixes que um bom post te hipoteque um emprego como revisor de texto do José Manuel Fernandes"
"não deixes que os azares ao amor perturbem a tua influência política em tempo de guerra"

Anónimo disse...

China and Russia put the blame on some screwed up experiments of US for the earthquake that happened in Haiti.
Chinese and Russian Military scientists, these reports say, are concurring with Canadian researcher, and former Asia-Pacific Bureau Chief of Forbes Magazine, Benjamin Fulford, who in a very disturbing video released from his Japanese offices to the American public, details how the United States attacked China by the firing of a 90 Million Volt Shockwave from the Americans High Frequency Active Auroral Research Program (HAARP) facilities in Alaska
If we can recollect a previous news when US blamed Russia for the earthquake in Georgio. What do you guys think? Is it really possible to create an earthquake by humans?
I came across this [url=http://universalages.com/hot-news/what-happened-in-haiti-is-it-related-to-haarp/]article about Haiti Earthquake[/url] in some blog it seems very interesting, but conspiracy theories have always been there.

Anónimo disse...

Hi,

I'm seeking help for the children of Haiti.

I'm doing this for a non-profit group that is dedicated to
creating oppurtunities for the children in haiti. If anyone wants to help then this is the site:

[url=http://universallearningcentre.org]Donate to Haiti[/url] or Help Haiti

They provide kids in Haiti books and teach them.

And yes, they're a real cause.

It would be awesome if you could help us

Follow Us @soratemplates