domingo, agosto 20, 2006

Sobre a Apresentação de Son di Santiagu

Posted by with 2 comments
Para aqueles que acompanharam o post sobre este assunto, a apresentação aconteceu.
Tinha dito que a expectativa era alta. Procurei um bluff para mim mesmo. Esperava muito pouca gente.
Imaginem! Um sábado às 5 da tarde…

Pois é, a sala não estava lotada mas veio muita gente sobretudo malta mais jovem.
Assim, aproveito para, a partir de Son di Santiagu, agradecer a todas as pessoas que estiveram presentes e participaram.

Fiquei surpreendido com a audiência e aproveitei bem a oportunidade para falar do Blog, da minha motivação da sua criação, dos objectivos neste momento e o que eu gostaria de poder fazer no futuro. Ainda mais se houver participação dos artistas de uma forma geral.
Claro.

A parte mais interessante ainda foi a conversa que continuou para além do tempo previsto. Muitas perguntas, muitas questões. O que devia, o que poderia, enfim deu-se uma pincelada em alguns pontos que parecem ser importantes para alguma discussão ou reflexão.
Mas mais uma, fica-se com a sensação de que como não existe uma prática e experiência com este tipo de encontros fica-se muito pelos lados do “achismo.” E certos temas não convivem bem com apenas o que “eu acho”.

No entanto, para mim ficou claro que iniciativas do género, que provoquem o encontro de pessoas que lidam ou se interessam pela arte nas suas diversas dimensões poderiam constituir num dos pratos fortes do Palácio da Cultura. Custa quase nada e poderiam servir para ajudar a despontar uma coisa tão essencial como uma efectiva comunidade de artistas na nossa praça.
Com consciência, comprometida com a arte, com a criatividade e a busca do novo, e sobretudo capaz de contribuir para a definição de um sentido ou porque não, um movimento estético tão necessário ao nosso espaço geográfico que é Santiagu.

Como disse o nosso grande António Correia e Silva, “recentemente, vários estudos…mostraram que a capacidade das regiões e cidades resolverem os dilemas de acção colectiva, de segurança, de desenvolvimento económico e da CRIAÇÂO DE DINAMISMO CULTURAL, depende muito da disposição dos seus habitantes em se constituírem em comunidade cívica.”

Assim, uma comunidade artística ela é sem duvida uma comunidade cívica.
Este é o desafio e isto é Son di Santiagu. Posted by Picasa
Reacções:

2 comentários:

Karine disse...

Infelizmente eu não fui informada do «encontro», daí que não possa comentar. Seria mais uma que iria «achar» muita coisa e deve ter sido por isso que não fui convidada. Mea culpa por não ter acedido ao Blog antes de ir de fim-de-semana.

Djinho disse...

Hello Karine, a coisa foi mesmo em cima da hora. Gostava muito de ouvir teus "achos" também :)
Apareça sempre.