ILHA Tu vives — mãe adormecida — nua e esquecida, seca, fustigada pelos ventos, ao som de músicas sem música das águas que nos prendem… Ilh...

Revoltado hoje!!!

9:24 PM 2 Comments

ILHA
Tu vives — mãe adormecida —
nua e esquecida,
seca, fustigada pelos ventos,
ao som de músicas sem música
das águas que nos prendem…

Ilha:
teus montes e teus vales
não sentiram passar os tempos
e ficaram no mundo dos teus sonhos
— os sonhos dos teus filhos —
a clamar aos ventos que passam,
e às aves que voam, livres,
as tuas ânsias!

Ilha:
colina sem fim de terra vermelha
— terra dura —
rochas escarpadas tapando os horizontes,
mas aos quatro ventos prendendo as nossas ânsias!

Amilcar Cabral

Sem comentários...Apenas desejo forças ao Sr. Filinto, Tó, Filinto, Beto, Mena, Antero e toda a família.

2 comments:

Anonymous said...

What a great site » » »

Anonymous said...

Keep up the good work » »