sábado, agosto 26, 2006

Na noti di onti Lua, Tunuca, Preta, Trás di Son, Maria de Barros…ma na

Posted by with No comments
Na Praia não passa nada.
Isso dizemos todos, todos os dias, vinte quatro horas por dia, 365 dias ao ano, com especial agressividade às quintas, sextas e sábados. Mas há quem não desiste, e mesmo concordando que na Praia não passa nada, sai à procura de alguma das pequenas coisas que se compõem as noites não programadas da Capital.

Correspondendo ao muito velho habito nosso de improvisar, D. Ália e 5al da Musica, sem agenda nem nada, ainda dão-se ao luxo de reunir no mesmo espaço artistas de portes gigantescos.
Que me dizem de um palco com Princesito e Vadu no seu melhor. Vadu sta di corpu ritchu. Princesito eufórico confidencia-me Vadu é o melhor interprete que conheço de Tunuca. Sim Tununa fica-lhe bem a Vadu.


Lua aparece noite tarde já. Pincesito é o melhor intérprete que conheço de Lua. Mas Prince tem nos olhos outras luas, histórias de meninas encantadas e muitas razões que justifiquem o facto do homem caboverdiano ser pouco romântico, já bem o preço do petróleo, a conjuntura internacional pouco favorável, bla bla bla bla.

Outras figuras da novela Praia Capital passaram também na noite desta quinta feira no quintal, interpretando papeis diversos, entre eles a nossa mais recente estrela americana Maria de Barros, encantada com aqueles sons dos nossos badius bem amados.

Pelo palco também passaram Djinho Barbosa, Kako Alves, Zé Rui, Kalu Monteiro e tudo isso a preço de um ponche ou uma cervejinha bem gelada, isso para quem quisesse consumir, porque no quintal a quinta essência da nossa música é de consumo Grátis.
Maria de Barros deve ter pensado isto aqui é grátis e o meu show ta valendo mil paus!? Espero que no final tenha oferecido a cada artista uma entrada para o concerto de sábado no auditório nacional. Enquanto isso suponho que noutras paragens mais “ins” a discussão seria Praia digital, Praia capital inteligente, Thugs, Soy loco por ti América, soy loco por i de amores, quem será a sucessora de Cesária? e a violência indiscriminada nas ruas. Além dessas noites improvisadas, sábado Maria de Barros no Auditório Nacional (mil escudos não é assim tanto para fazer-nos perder o único evento do mês na Capital),na Praia não passam nada meu, só Kasu body…

Abraão Vicente
trapitchicana@hotmail.com Posted by Picasa
Reacções:

0 comentários: