Nkrê un Son más Son...

terça-feira, junho 27, 2006

Holofote para Houss e Kisó


Muitas vezes em certas actividades o holofote fica posicionado de forma a sugerir sempre o mesmo destaque. Na música por exemplo, destaques são sempre os cantores, sobretudo no caso da música em Cabo Verde. Isto é ainda mais agravado quando músicas tipo instrumental não fazem ainda muita preferência para um público mais amplo.

Assim, este "post" vai para chamar atenção sobre dois músicos que penso constituem pilares fundamentais de uma determinada onda musical actual. Têm os dois um background musical fora do comum e o mais importante, cultivam as tendências inteligentes do mundo da música.


Cultivam ainda a audição musical ao seu extremo. Difícil encontrar o Houss ou Kisó sem uma boa música nos seus 4 rodas. Este exercício vale ouro, e contribui para atingirem o nível que apresentam nos palcos e nos discos.
Quando fazem o "back to the roots" acabam por levar a execução a outros níveis.

Quando, por exemplo, se fala no Pantera e ou posteriormente no Tcheka, não se faz referência a estes dois músicos que desde o inicio estiveram na criação das "correntes" de um e outro. (Há outros, claro!)

Eu não tenho dúvidas de que tanto o Houss (Baterista/Percussionista) como o Kisó (Baixo) introduziram um tempero, uma técnica e uma experiência musical que foram determinantes para definir o som que ficou associado a esta nova onda. Posted by Picasa

4 comentários:

Guiducha Pinto Ribeiro disse...

Oi
Finalmente!
Só poderia ser alguém como o Djinho,a fazer referencia ao Raul e ao kisó... Apesar de ser, como é óbvio suspeita, quando falo nestes dois.
Aos anos que os venho acompanhando, sei pelo que passaram: estudando,ensaiando carregando instrumentos, gastando dinheiro, energias, noites e horas de pequisa e etc.
Não obstante todas as dificuldades encontradas neste ramo, conseguiram superar-las com dignidade esforço e dedicação, muitas vezes com prejuizo da sua vida professional e sempre em prol da musica de Cabo Verde.

Bem haja pois o autor da noticia.

djinho barbosa disse...

Hello Guiducha, agradeço-te a passagem pelo Son di Santiagu. Não tenho dúvidas sobre o que disse (falta ainda muito por dizer sobre estes dois músicos de grande qualidade...).
O tua cumplicidade para com a música e com o Raul me impressionam. Thanks por isso.

kiso disse...

... oi... djinho monera. obgd pa atencao.. n ka kria estod ta komenta.. ma n kria so faze mas um referencia a Raul... nao so raul e original na se forma d "caracteriza" musika kel ta toka.. mas tambe no tem k dal se valor na sentido d inovacao mesmo a nivel d introducao de "sonoridades" na musika d cabo verde... um exemplo disso... e uso de CAJON (kel kaxote de madera kel ta senta i tokal na el...) k hoje em dia ja tem uns tonte percussionistas/bateristas cabo verdeanos ta usal na nos musika.. kosa k nunka ninguem tinha feito ate Raul fazel... tem mas pa dze. mas por enkuanto.. :) obrigado! fka dret pa!

DoutorXtranho disse...

era pa da um power pa esh dôs grandes broda , alem de grandes MUSICOS, esh é uns pessoa fenomenal, e um ta esperaque esh ta tem reconhecimento merecido, pa tude o qués tem feto pa musica de cabo verde

Follow Us @soratemplates